Ataques hackers demonstraram deficiência de segurança do governo, diz especialista

Serviços como o portal do Ministério da Saúde, ConecteSUS, Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunização, Controladoria-Geral da União e outros foram alvos recentes de ciberataques

Léo LopesJorge Fernando RodriguesRenata Souzada CNN

em São Paulo

Ouvir notícia

Diferentes sites do governo federal têm sido alvo de ataques hackers nas últimas semanas: Ministério da Saúde, ConecteSUS, Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunização, Controladoria Geral da União, Polícia Rodoviária Federal, entre outros.

Por exemplo, o Lapsus$ Group, grupo hacker que assumiu o ataque ao site e sistemas do Ministério da Saúde no início deste mês, informou que é o responsável por derrubar, também, o site dos Correios – que ficou fora do ar por duas horas na manhã desta quinta-feira (23).

Em entrevista à CNN, a advogada especialista em Direito Digital, Luiza Leite, disse que esse acesso indevido aos ambientes tecnológicos dessas entidades, e a incapacidade de lidar com esses incidentes e com a proteção de dados dos cidadãos, demonstram uma deficiência nos mecanismos de segurança da informação do governo.

“A gente precisa que o governo estabeleça procedimentos para que tenha uma segurança maior dentro desses sites. Além das plataformas onde temos uma coleta muito grande de dados pessoais dos cidadãos, principalmente durante a pandemia de Covid-19”, disse.

Veja o vídeo da entrevista completa ao CNN Novo Dia no topo da página.

Mais Recentes da CNN