Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Aliados querem acelerar pré-campanha de Bolsonaro

    Viagem do presidente ao Guarujá no mesmo período em que Lula, líder nas pesquisas, fez jantar com políticos é apontada como exemplo de descompasso

    Presidente Jair Bolsonaro em cerimônia no Palácio do Planalto
    Presidente Jair Bolsonaro em cerimônia no Palácio do Planalto 07/12/2021REUTERS/Adriano Machado

    Caio Junqueirada CNN

    Ouvir notícia

    Aliados do presidente da República apontaram à CNN que a pré-campanha de Jair Bolsonaro (PL) está atrasada e precisa se organizar rapidamente para recuperar a imagem do chefe do executivo.

    A avaliação é a de que há, nas palavras de um relevante aliado, desorganização. A viagem do presidente ao Guarujá é citada como exemplo de descompasso.

    Os dias de descanso aconteceram no mesmo momento em que seu principal adversário e líder disparado nas pesquisas, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), promoveu um jantar com diversos partidos em São Paulo.

    Alguns interlocutores do presidente avaliam que há premissas favoráveis que se contrapõem à suposta “desorganização” na campanha.

    A primeira é a de que a economia, em especial as taxas de inflação e desemprego, irão melhorar. A segunda, a de que um Lula mais exposto a ataques tende a se fragilizar. E, a terceira, a de que o pacote de medidas sociais aprovados no final deste ano ajudarão a alavancar a popularidade do presidente.

    Alguns dos políticos que cercam o presidente, contudo, avaliam que essas variáveis não seriam suficientes para a vitória.
    Eles não acreditam no modelo vencedor da campanha de 2018 – baseado na internet e sem grande estrutura.

    Para alguns aliados, o contexto é outro e é necessária uma ampla equipe profissionalizada. Mas, sem aval presidencial, tudo está parado.

    Mais Recentes da CNN