Filhos de Flordelis são condenados pela morte do pastor Anderson do Carmo

Sentença saiu depois de 15 horas julgamento; Ex-deputada segue presa acusada de ser a mandante

Bruna CarvalhoCarolina Figueiredoda CNN

em São Paulo e Rio de Janeiro

Ouvir notícia

Os filhos da ex-deputada federal Flordelis foram condenados pela morte do pastor Anderson do Carmo no Tribunal de Júri de Niterói. O julgamento começou no início da tarde de terça-feira (23) e só foi encerrado no fim da madrugada desta quarta-feira (24).

Flávio dos Santos Rodrigues foi condenado a 33 anos, 2 meses e 20 dias de reclusão em regime fechado, pelos crimes de homicídio triplamente qualificado, porte ilegal de arma, uso de documento ilegal e associação criminosa armada.

Lucas Cézar dos Santos de Souza foi condenado a pena de 7 anos e 6 meses de reclusão em regime fechado pelo crime de homicídio triplamente qualificado.

Flávio, filho biológico de Flordelis, é acusado de ser o autor dos disparos de arma de fogo. Lucas, filho adotivo da ex-deputada, é acusado de ter ajudado o irmão na compra da arma utilizada no crime.

Flordelis é acusada de ser a mandante do crime e está presa desde agosto no Complexo Penitenciário de Gericinó, na Zona Oeste do Rio. A ex-parlamentar está presa desde agosto, assim que perdeu o mandato parlamentar na Câmara dos Deputados. Flordelis recorre na Justiça e tenta evitar a ida a júri popular.

O pastor Anderson do Carmo, de 42 anos, foi morto a tiros na madrugada de 16 de junho de 2019, na garagem da casa onde morava com a família em Pendotiba, na cidade de Niterói, região metropolitana do Rio.

Na época do crime a ex-deputada Flordelis chegou a dizer que Anderson havia morrido tentando defender a família de criminosos. Segundo o Ministério Público, dos 55 filhos biológicos e adotivos da pastora, 7 estão envolvidos no crime, além de uma neta e outras 2 pessoas.

Julgamento de Flávio dos Santos Rodrigues e Lucas Cezar dos Santos de Souza, denunciados por envolvimento na morte do pastor Anderson do Carmo, no Tribunal do Júri de Niterói, região metropolitana do Rio de janeiro,na tarde desta terça-feira, 23 de novembro de 2021. Flávio e Lucas respondem pelo homicídio do pastor Anderson do Carmo, que era marido de Flordelis. / Foto: WILTON JUNIOR/ESTADÃO CONTEÚDO

Mais Recentes da CNN