Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Ucrânia perdeu todas as comunicações com Chernobyl, diz agência nuclear da ONU

    Ambas as linhas de energia do local foram danificadas, segundo as últimas informações das autoridades ucranianas

    Vista da usina nuclear de Chernobyl
    Vista da usina nuclear de Chernobyl 03/04/2021 REUTERS/Gleb Garanich

    Hira Humayunda CNN

    Ouvir notícia

    A Ucrânia perdeu todas as comunicações com a usina nuclear de Chernobyl, informou a Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) em comunicado nesta quinta-feira (10). A declaração vem um dia depois que a instalação, controlada pela Rússia, perdeu suas fontes de alimentação externas.

    O chefe da AIEA, Rafael Grossi, disse que o órgão de vigilância nuclear das Nações Unidas está ciente dos relatos de que a energia foi restaurada no local e está aguardando confirmação. Mais cedo, a autoridade reguladora da Ucrânia disse à AIEA que geradores de emergência estavam fornecendo eletricidade para a usina.

    “A subsequente perda de comunicação fez com que o regulador não pudesse mais fornecer informações atualizadas sobre Chernobyl à AIEA”, disse o comunicado.

     

     

    A AIEA citou a autoridade reguladora ucraniana, dizendo: “De acordo com as informações recebidas antes da perda de comunicação, ambas as linhas de energia do local foram danificadas, desconectando-o da rede”.

    A declaração da Agência disse que a desconexão da rede “não terá um impacto crítico nas funções essenciais de segurança no local, onde estão localizadas várias instalações de gerenciamento de resíduos radioativos, pois o volume de água de resfriamento na instalação de combustível irradiado é suficiente para manter a remoção de calor sem fornecimento de eletricidade”.

    De acordo com a AIEA, o regulador da Ucrânia disse que oito dos 15 reatores do país continuam operando, incluindo dois na usina nuclear de Zaporizhzhia, três em Rivne, um em Khmelnytsky e dois no sul da Ucrânia. Os níveis de radiação nos quatro locais eram normais, disse.

    Grossi também disse que a Agência está em contato com as autoridades ucranianas sobre os sistemas de monitoramento de radiação na Ucrânia.

    A AIEA não conseguiu restabelecer a comunicação com os sistemas de monitoramento instalados para monitorar materiais e atividades nucleares nas instalações de Chernobyl e Zaporizhzhia após a perda das transmissões remotas de dados desses sistemas.

    Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

    versão original

    Mais Recentes da CNN