Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    ONU convoca Rússia por bombardear áreas onde moram funcionários de Chernobyl

    Slavutych é uma cidade localizada fora da zona de exclusão estabelecida após o acidentena usina, em 1986

    Um parque de diversões abandonado em Pripyat, a três quilômetros da usina nuclear de Chernobyl
    Um parque de diversões abandonado em Pripyat, a três quilômetros da usina nuclear de Chernobyl Foto: Pascal Le Segretain/Sygma via Getty Images

    Niamh Kennedyda CNN

    Londres

    Ouvir notícia

    A agência nuclear das ONU (Organização das Nações Unidas), a Agência Internacional de Energia Atômica, convocou a Rússia por bombardear áreas onde vivem funcionários que trabalham na usina nuclear de Chernobyl.

    Em um comunicado na noite de quinta-feira (24), a Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) informou que o regulador ucraniano havia comunicado que “as forças russas estavam bombardeando postos de controle ucranianos na cidade de Slavutych, onde vivem muitas pessoas que trabalham na usina nuclear de Chernobyl”.

    Slavutych está localizado fora da zona de exclusão estabelecida após o acidente na usina, em 1986.

    “A autoridade reguladora da Ucrânia disse que o bombardeio estava colocando em risco ‘as casas e as famílias do pessoal operacional que garante a segurança nuclear e radioativa’ da central nuclear de Chernobyl, que está sob controle das forças russas desde 24 de fevereiro”, continuou o comunicado.

    O chefe do órgão de fiscalização da ONU, Rafael Grossi, expressou sua preocupação com o desenvolvimento, observando que ocorreu apenas alguns dias depois que a equipe técnica da fábrica foi autorizada a voltar para casa e descansar depois de trabalhar por quase quatro semanas sem mudança de turno.

    Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

    versão original

    Mais Recentes da CNN