Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Ataque a reator nuclear é improvável no conflito Rússia-Ucrânia, diz chefe da AIEA

    Na próxima semana, Agência Internacional de Energia Atômica começará a ajudar Ucrânia a preservar segurança das instalações nucleares

    Usina nuclear de Chernobyl, na Ucrânia
    Usina nuclear de Chernobyl, na Ucrânia Gleb Garanich/Reuters (03.abr.2021)

    Adam Pourahmadida CNN

    Ouvir notícia

    O diretor-geral da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), Rafael Grossi, afirmou à CNN que o ataque a um reator nuclear “não é um cenário provável” e “instalações nucleares não foram alvos”.

    A partir da próxima semana, a AIEA começará a ajudar a Ucrânia a preservar a segurança das instalações nucleares, incluindo Chernobyl, disse Grossi.

    Voltando de uma viagem à Ucrânia e à Rússia, onde visitou os reatores nucleares mais próximos da zona de guerra, Grossi disse que as operações continuam de “forma satisfatória”.

    O diretor-geral disse que houve uma ocorrência à vista de um reator nuclear, o que foi “bastante preocupante”, acrescentando que foi uma troca de tiros, provavelmente um bombardeio, que atingiu um prédio administrativo.

    “Qualquer ataque a uma instalação nuclear é contra o Direito Internacional. Acho que todos, incluindo a Rússia, estão muito cientes sobre isso. E confiar ou não confiar é algo que é, claro, objetivo. Faremos todo o possível para evitar essa ocorrência”, acrescentou.

    Sobre os relatos de tropas russas expostas à radiação na usina nuclear de Chernobyl, Grossi disse que a agência entrou em contato com seus colegas russos para obter mais informações.

    “Em termos gerais, eu diria que os níveis de radiação ao redor do local de Chernobyl são baixos. No início, quando as tropas russas ocuparam o local, por causa do movimento de veículos blindados pesados ​​que se aproximavam, em algumas áreas, o movimento do solo liberou alguma radiação e houve um ligeiro aumento nos níveis”, disse ele.

    “Provavelmente, o mesmo aconteceu quando os mesmos veículos ou similares estavam saindo, havendo poeira no ar que continha alguma radiação que estava no solo”, acrescentou.

    Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

    versão original

    Mais Recentes da CNN