Votação da PEC dos Precatórios deve ficar para próxima terça-feira, confirma relator

Já está estabelecido entre os senadores que o PSD vai pedir vista, ou seja, um requerimento que dará mais tempo para os senadores analisarem o texto

Plenário do Senado, em Brasília
Plenário do Senado, em Brasília Waldemir Barreto/Agência Senado

Basília Rodriguesda CNN

Ouvir notícia

O relator da PEC dos Precatórios, Fernando Bezerra, afirmou à CNN que é “muito provável” que a votação do texto fique para a próxima terça-feira (30). Com isso, a sessão desta quarta-feira (24) na Comissão de Constituição e Justiça deve ser marcada pela leitura, sem votação, do relatório da PEC.

Senadores ouvidos pela CNN afirmam que ainda sentem que estão em uma votação no escuro. Dos 27 titulares da CCJ, ao menos 10 se declaram contrários à PEC.

Já está estabelecido entre os senadores que o PSD vai pedir vista, ou seja, um requerimento que dará mais tempo para os senadores analisarem o texto. Este prazo poderia ser de, no mínimo, 24 horas, mas a opção deverá ser pelo período mais longo, de 5 dias. Por isso, o texto voltaria para votação na CCJ na terça.

O pedido de vista deve ser apresentado pelo senador Antônio Anastasia. Apoiadores do texto avaliam que após votação na comissão na semana que vem já seria possível levar a PEC a plenário no mesmo dia.

Nesta terça, o relator Fernando Bezerra, que também é líder do governo no Senado, anunciou que fez mudanças no texto, o que deve permitir consensos.

Mais Recentes da CNN