Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CEO do Barclays renuncia após investigação sobre ligação com Jeffrey Epstein

    Jes Staley deixará o cargo imediatamente após conclusão de investigação por reguladores britânicos

    Jes Staley deixará cargo de CEO do Barclays após conclusão de investigação por reguladores britânicos sobre relacionamento com financista Jeffrey Epstein
    Jes Staley deixará cargo de CEO do Barclays após conclusão de investigação por reguladores britânicos sobre relacionamento com financista Jeffrey Epstein Reuters

    Mark Thompsondo CNN Business

    Ouvir notícia

    O executivo-chefe do banco britânico Barclays, Jes Staley, deixará o cargo imediatamente após a conclusão de uma investigação por reguladores britânicos sobre seu relacionamento com o financista Jeffrey Epstein, disse o banco nesta segunda-feira (1º).

    A investigação da Autoridade de Conduta Financeira e da Autoridade de Regulamentação Prudencial do Banco da Inglaterra foi divulgada pelo Barclays no início de 2020 e se concentrou em como Staley havia caracterizado o relacionamento com seu empregador.

    “Em vista dessas conclusões e da intenção do Sr. Staley de contestá-las, o conselho [do Barclays] e o Sr. Staley concordaram que ele renunciará às suas funções de presidente-executivo do grupo e diretor do Barclays”, disse o Barclays em sua declaração na segunda-feira.

    “Deve-se notar que a investigação não leva a conclusões de que o Sr. Staley viu, ou estava ciente de qualquer um dos supostos crimes do Sr. Epstein, que foi a questão central que sustentou o apoio do Barclays ao Sr. Staley após a prisão do Sr. Epstein no verão de 2019.”

    Epstein, um multimilionário condenado por pedofilia – que foi acusado de tráfico sexual por procuradores federais dos EUA –, se matou na cela de uma prisão de Nova York em 2019, enquanto aguardava julgamento.

    Staley dirigia o Barclays desde o final de 2015. Antes disso, trabalhou por mais de 30 anos no JPMorgan, onde atuou como chefe da divisão de banco de investimento.

    Com a decisão, a partir desta segunda C.S. Venkatakrishnan assumirá como CEO do Barclays, sujeito à aprovação regulamentar.

    (Texto traduzido; leia o original em inglês)

    Mais Recentes da CNN